Delegado regional de Polícia de Uberlândia recebe o título de cidadão honorário
10/09/2021 13:40 em Notícias Gerais

Assessoria de Imprensa 1ª DRPC

 

O delegado regional de Polícia Civil em Uberlândia, Luciano Alves dos Santos, 42 anos, é o mais novo cidadão honorário do Município. Ele recebeu o título hoje (quinta-feira, dia 9) por meio da vereadora Liza Prado (PMDB), autora do decreto legislativo, durante cerimônia na Câmara Municipal de Uberlândia. O delegado agradeceu o título e estendeu a honraria a todos os servidores da 1ª DRPC.

Luciano Alves dos Santos é natural de Tupaciguara (MG). Formado em Direito pela Universidade do Triângulo (Unit) foi aprovado em concurso para delegado em 2008, assumindo em seguida o cargo de delegado de Homicídios da comarca de Uberlândia. Teve uma passagem pela 6ª Delegacia de Polícia, depois foi para a 3ª Delegacia de Polícia e em 2013 foi transferido para a comarca de Araguari.

Em 2017, Luciano Alves dos Santos foi nomeado delegado regional em Araguari e no ano seguinte assumiria o cargo de regional da 1ª DRPC em Uberlândia., onde permanece até hoje. À frente da repartição policial, o delegado regional tem trabalhado para a valorização do profissional policial civil e se dedicado ao combate ao crime, cujo índice de criminalidade e violência tem sido reduzido.

A solenidade, realizada durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Uberlândia, foi presidida pelo presidente do Poder Legislativo, Sérgio do Bom Preço. O título de cidadania ao delegado foi votado e aprovado por todos os vereadores. Este é o segundo título de cidadania que o delegado recebe. No ano passado, ele foi agraciado com a mesma honraria pela Câmara de Araguari.

 

                                  Investigadores homenageados

 

Na mesma cerimônia, um inspetor e dois investigadores de polícia lotados na 1ª DRPC também receberam a mesma honraria. Guilherme Mtisuo Yugue, 36 anos, inspetor, e Carlos Alberto Herstestein, 35 anos, e Renan Borges de Olieira, 32 anos, investigadores, foram agraciados com o título de Cidadão Honorário de Uberlândia, também por meio de decreto legislativo da vereadora Liza Prado.

Guilherme iniciou a carreira policial em Uberaba (MG) em 2007, tendo trabalhado naquela cidade na Delegacia de Plantão e posteriormente na Delegacia de Combate ao Tráfico de Tóxico e Entorpecente.  Em 2010 foi transferido para Uberlândia, sendo lotado na 5ª Delegacia de Polícia e posteriormente no Posto de Perícia Integrada e na Banca Examinadora. Em 2017 foi nomeado inspetor.

O investigador Carlos Alberto Hertenstern Júnior começou na carreira policial em Nova Ponte em 2018 e um ano depois foi transferido para Uberlândia, atuando na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos até o ano passado. Neste ano, foi classificado como investigador na Inspetoria de Polícia da 1ª DRPC. Também é integrante do Grupo Tático Especial do 9º DPC, conhecido como GT-9.

Já o investigador Renan Borges de Oliveira começou na carreira em Prata (MG) em 2018, desempenhando diversas funções na delegacia de polícia da comarca. Em 2019, o policial civil foi transferido para Uberlândia e pouco tempo depois foi classificado na Inspetoria de Polícia da 1ª DRPC. Além de fazer parte da seção policial, o investigador é também integrante do Grupo Tático Especial, o GT-9.

COMENTÁRIOS